top of page
  • Foto do escritorPlenaVoz

Maria Flor

Quando conheci Maria Flor, foi amor à primeira vista, mas com o tempo o amor cresceu. Eu

estava numa oficina literária quando passei a enxergá-la com novo olhar.

Sobre a obra


"Quando conheci Maria Flor, foi amor à primeira vista, mas com o tempo o amor cresceu. Eu estava numa oficina literária quando passei a enxergá-la com novo olhar. Apressei-me em lhe dar um nome e não desgrudei mais dela. Cuido dela com muito carinho para que tenha vida longa. Compartilhar a história dela com vocês faz parte desse cuidado, desse que dá vida longa. Na verdade, cada vez que uma criança ler este livro, maior será o tempo de vida de Maria Flor, estou torcendo para que ela seja eterna." Mitafá


“Encantada com as flores que sempre carrego, Mitafá me leva para sua casa e passamos a ser inseparáveis. Já vivemos muitas aventuras. São dez primaveras de travessuras que quis compartilhar com você. Vem nos conhecer!” Maria Flor


Sobre a autora


MITAFÁ


A médica pernambucana, Maria de Fátima Gaspar Pinheiro, aos 55 anos, foi abraçada pelas artes e se reinventou em Mitafá. No desenrolar do novelo da nova vida, o fio inicialmente puxado foi o da contadora de histórias, seguido da arteterapeuta, atriz e mediadora de leituras. No tear continuou tecendo e chegou à escritora. Borda com fios apaixonados, sombras e cores transitando pelas crônicas, contos e poesias. Recentemente, após participações em mais de vinte antologias, lançou os livros solos: Espelho Meu, de poemas; e o romance Jorge, o guerreiro. Maria Flor é oferta para crianças.


Sobre a ilustradora



ROSÁLIA CRISTINA


Rosália Cristina é pernambucana de Jaboatão dos Guararapes, mas vive a maior parte do tempo em Recife, onde trabalha como professora e mediadora de leitura em biblioteca escolar. É formada em Letras, e como também gosta muito de ler, participa de diversos clubes de leitura.


Atualmente, além de escrever poesias e contos infantis, está produzindo ilustrações usando texturas (ou tracilismo, como prefere chamar) e bordados, tendo já participado como ilustradora de duas obras: Ecos da Resistência, pela Editora Plural, e Janelinhas de contar histórias, pela Edições Candinho. Maria Flor é o primeiro livro totalmente ilustrado por ela.




17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page